Multitasking: A Maior Ilusão de Eficiência

Nosso dia a dia está cada vez mais frenético. Trabalho, estudos, trânsito, atividades físicas e redes sociais fazem-nos ter a impressão de que as 24h são insuficientes para fazer tudo o que planejamos. Nesta ânsia, muitas vezes recorremos a um comportamento mundialmente conhecido como Multitasking, ou “multitarefa”, como também é chamado no Brasil. Como o nome já sugere, este consiste em realizar múltiplas tarefa em um curto espaço de tempo, podendo ser ao mesmo tempo ou se alternando entre elas. Exemplos? Que tal aquela checada no celular enquanto assiste televisão? Ou os WhatsApp´s ou emails que responde durante uma reunião ou aula? Bem, acredito que você mesmo já possa citar diversas outras situações. Mas aí você pode pensar:

“Po, mas realizar tantas coisas ao mesmo tempo não me faz ser mais eficiente, como um bom Produtivo Zen?? Matar dois coelhos (ou mais) com uma cajadada só é tudo que preciso para ser mais produtivo.”

Infelizmente, a resposta é: NÃO. Quer provas? Então continue me acompanhando nesta matéria. 🙂

 

TRÊS MOTIVOS PARA FUGIR DO MULTITASKING

1) ESTUDOS

ProdutivoZen fofo

Como bom engenheiro, adoro fatos e resultados provenientes de pesquisas, pois são fontes de maior confiança. Segundo um estudo da APA (American Psychological Association), ficar trocando entre  atividades pode causar uma queda de produtividade de até 40%!!! Como? Bom, de acordo com a neurociência, ao sofrer uma interrupção, demoramos cerca de 20 minutos para voltar a nos concentrar plenamente em uma tarefa. Sendo assim, por mais que tenhamos a impressão de que nossos projetos estão caminhando, na verdade estamos realizando-as em um ritmo inferior.

De acordo com Guy Winch, PhD e autor do livro “Emotional First Aid: Practical Strategies for Treating Failure, Rejection, Guilt and Other Everyday Psychological Injuries”, o que chamamos de multitasking na verdade é um troca-troca de tarefas e quando se fala em foco e produtividade, nosso cérebro possui uma quantidade limitada. Ou seja, podemos associar o foco e a produtividade à divisão de um bolo. Assim, qualquer coisa na qual trabalhamos, tira um pedaço de nossa atenção.

2) SAÚDEMultitasking estressada

Segundo profissionais da saúde, pessoas pessoas multitasking são muito mais suscetíveis ao estresse. Pela maior frequência de erros cometidos pela falta de foco em uma tarefa e também pela exaustão causada pelas atividade simultâneas, estes tendem a desenvolver níveis de estresse mais altos que os monotasking (uma tarefa de cada vez).

3) RELACIONAMENTOS

Um casal está tendo uma conversa séria. A esposa diz: “Ei, só me deixa responder uma mensagem rapidinho.” Nisto o marido fica chateado e decide também checar suas mensagens, e a conversa acaba ali. Conversar e fazer outras coisas simultaneamente, além de fazer você perder informações em ambas as atividades, ainda faz a outra pessoa se sentir desvalorizada. Se estiver com alguém, tire um tempo só para a pessoa e deixe para ver seu celular ou computador em outra hora. Você vai ver que poderá dar muito mais atenção à outra pessoa. Estudos recentes da Universidade de Essex, na Inglaterra, mostram que até mesmo manter celulares por perto durante conversas pessoais, mesmo que ninguém esteja usando-os, pode causar atritos e problemas de confiança.

 

SUGESTÕES PARA DEIXAR DE SER MULTITASKING

  • Use a técnica Pomodoro! Você encontra mais informações aqui:                                                           Aumente seu foco com a técnica Pomodoro
  • Uma boa dica é realizar tarefas em lotes. Responder e enviar todos os email de uma única vez, pagar todas as contas da casa juntas. Cada tarefa requer uma certa mentalidade e uma vez que você entra no ritmo é mais produtivo fazê-las até o fim.
  • Meditação: A prática de meditar é bastante simples e traz diversos benefícios à saúde mental. Para nós Produtivos Zen´s, cito a redução do estresse e o aumento da capacidade de priorização e foco.

 

EXTRAS

Para mais formas de escapar do Multitasking, encontrei uma matéria muito bacana sobre o assunto na revista Galileu.

 

ProdutivoZen, não Multitask

 

Espero que esta matéria tenha lhe tirado da ilusão do Multitasking. Por favor curta, comente e compartilhe, Produtivo Zen!

Facebook Comments